Desenvolvimento Sustentável e Justiça Social

Elmano participa de seminário para debater mais políticas socioambientais no Ceará

Por Deusdedit Neto - Em 17/06/2024 às 6:21 PM

20240617100241 Mg 2290 2048x1365

Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira,17, o governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT), participou da abertura do seminário “Ceará pelo Clima: Desenvolvimento, Sustentabilidade e Justiça Social”, realizado pela Secretaria do Meio Ambiente e Mudança do Clima (Sema). O evento, que acontece no Centro de Eventos do Ceará até esta terça-feira, 18, reúne especialistas da área para debater questões cruciais para o estado.

Durante seu discurso, o governador destacou a importância de conscientizar a sociedade sobre a preservação ambiental, especialmente entre os jovens. “Esse seminário é uma oportunidade crucial para discutir temas tão relevantes para nossa sociedade. Implementar ações e projetos para a preservação do meio ambiente é cuidar do nosso povo. Reafirmo meu compromisso de continuar construindo um estado cada vez mais sustentável”, afirmou Elmano de Freitas.

O evento visa abordar a emergência climática, a transição energética e a justiça social, promovendo um espaço de troca de experiências entre participantes e especialistas da área. Durante o seminário, a Sema lançará importantes estudos, incluindo o atlas costeiro e marinho, o roadmap do mercado de carbono, o turismo de observação de aves e o guia de aves do Ceará.

Vilma Freire, titular da Sema, destacou o compromisso do Governo do Estado com a agenda ambientalista. “Este é um momento importante que reflete o engajamento do Governo do Ceará com esta temática. Estamos reunidos com diversos setores da sociedade para discutir políticas socioambientais essenciais para a população”, afirmou.

O presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, enfatizou a importância das ações concretas em prol do meio ambiente. “Gestos valem mais que palavras. Devemos incentivar cada vez mais ações em favor do meio ambiente em Fortaleza e em todos os municípios do Ceará”, concluiu.

Mais notícias

Ver tudo de IN Poder