Fim de ano promissor e com cautela.

Por Ana Cristina Cavalcante - Em 24 de novembro de 2021

Réveillon chegando…

 

Screenshot 20211124 111217 2

Réveillon em Fortaleza/Divulgação

Já se vão dois anos em que uma pandemia mudou as nossas vidas e nos impôs algo completamente novo, especialmente para o brasileiro. O isolamento. O risco que as aglomerações causaram em 2020 e neste 2021, que vai acabando, caíram como uma bomba no setor de turismo. Amargando prejuízos absurdos, os traders cumpriram as regras e todos nós passamos pelo pior momento da Covid-19, cumprindo as medidas sanitárias adotadas pelos governadores e prefeitos. Mas em algumas atividades, doeu mais, sob a perspectiva econômica. O que não é pouco e merece o reconhecimento de toda a sociedade. Os empresários do trade turístico foram gigantes, Neste fim de ano, porém, há uma projeção literalmente solar animando a indústria turística. Algumas flexibilizações estão voltando a mover o mercado. Tanto que a ABIH Nacional, anunciou que sua rede de hotéis já registra lotação acima de 90%, Fortaleza, incluída.

 

Depois da tempestade…

 

Screenshot 20211124 105401 2

Praia do Japão, Aquiraz/ Divulgação

De acordo com a entidade, as cidades brasileiras com vocação turística voltaram a registrar lotação máxima nos hotéis. Vejam: feriado de 15 de novembro, 95% de ocupação no Rio de Janeiro.  Em Alagoas, a ABIH-AL contou 94%, com tendência a aumentar no fim do ano. Na capital, Maceió, dados da secretaria municipal de Turismo apontam que a lotação já bateu 92%. Em Fortaleza,  a Associação informa que a taxa supera os 90%.

 

Praia e Serra!

 

Screenshot 20211124 112017 2

Serra de Guaramiranga/Divulgação

A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) contabilizou lotação média acima de 70% nas capitais de praia do Nordeste. Já em municípios de serra, de tradição turística, a ocupação ficou acima dos 60%. Para as férias, a expectativa também é altíssima. Em Foz do Iguaçu, no Paraná, por exemplo, espera-se a marca mágica de 100%. A FBHA aponta curva ascendente desde a Páscoa. No ano passado, os hotéis ficaram com apenas 23% dos quartos ocupados.

 

Palavra de Ivana.

Screenshot 20211124 105715 3

Ivana Bezerra de Menezes/Fortaleza Convention Visitors & Bureau

O Fortaleza Convention Visitors & Bureau, a entidade comandada por Ivana Bezerra de Menezes, está com o seu termômetro já aferindo a febre turística da capital. Segundo a empresária, o retorno das atividades marca taxas de ocupação em franca recuperação. Desde de o meio deste ano, confirma. “Estamos em um crescimento contínuo: em julho atingimos a média de 55%, em agosto 63%, em setembro 75% e, em outubro, atingimos uma média de 79%”, comemora Ivana que também é diretora do hotel Sonata, na praia de Iracema. Que venha a alta estação e ocupação plena. Desta vez, de visitantes e nos hotéis e pousadas.

 

Mais notícias

Ver tudo de IN Express