NETWORKING E AMPLO DEBATE

Proenergia se consolida no setor e presta homenagem ao secretário Maia Júnior

Por Marcelo - Em 8 de outubro de 2021

O Proenergia 2021 foi encerrado nesta sexta-feira (8), se consolidando como o principal evento do setor, após três dias de imersão na área de energia, com muitos debates, rodadas de negócios, networking e uma homenagem especial ao titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Maia Júnior.

Promovido pelo Sindienergia-CE, Federação das Indústrias do Estado do Ceará e Sebrae, o último dia do evento contou com palestras e painéis, com as participações virtuais de representantes do Sindienergia-CE, Associação Brasileira de Geração Distribuída, Absolar, SPE – Aneel, Sedet, entre outras empresas, abordando temas como: “A expansão da geração distribuída de energia” e “Novas oportunidades no setor de energia”.

Maia Júnior recebe o Troféu Jurandir Picanço ao final do Proenergia               Foto: Divulgação

No início da tarde, durante o encerramento do evento houve a entrega do troféu Jurandir Picanço ao secretário Maia Júnior, que conta com relevante trabalho prestado ao setor de energia no Estado ao longo de sua trajetória. Essa foi a primeira edição em que o nome do engenheiro, consultor de Energia da FIEC e presidente da CSRenováveis-CE, Jurandir Picanço, deu nome à honraria, engrandecendo ainda mais o troféu.

O diretor Administrativo da FIEC, Chico Esteves, representou o presidente Ricardo Cavalcante, deu as boas-vindas a todos. “É uma satisfação muito grande recebê-los e uma alegria dirigir este evento, pois é uma homenagem ao Dr. Jurandir, que dá nome ao Troféu e é um ícone do setor de energia e coordenador da FIEC. Outra felicidade é homenagear o secretário Maia Júnior, um amigo de longa data, competente, que vem contribuindo, ao longo desses trinta e tantos anos no desenvolvimento do Ceará”, ressaltou.

Visivelmente emocionado, Maia Júnior iniciou os seus agradecimentos citando diversos companheiros de jornada que estiveram com ele construindo a história do Ceará. Falou dos desafios enfrentados ao longo de diferentes gestões, as diversas tomadas difíceis de decisão e suas conquistas como filho, homem e profissional. E também destacou a valentia de sua mãe.

Danilo Forte, Bento Albuquerque, Ricardo Cavalcante, Maia Júnior e Luís Carlos Queiroz

“Sou filho de uma costureira e fui criado com muita dificuldade. Sei que minha mãe, viúva aos 34 anos, com seis filhos, teve de lutar para educar muito bem a todos. Nos garantiu duas coisas fundamentais: não nos deixou passar fome e nos fez valorizar os estudos. Eu sou pernambucano, mas minha mãe teve que vir morar no Ceará depois de ter ficado viúva quando eu tinha 30 dias de nascido. Tenho uma dívida com o Ceará, tenho que retribuir e agradecer tudo que bom que eu recebi desse Estado”, afirmou Maia Júnior.

Aberto na última quarta-feira, o Proenergia 2021 contou com a participação presencial do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que garantiu que a regulamentação das usinas eólicas offshore saíra até o final deste ano. Ele afirmou, ainda, que o Ceará deverá ser o maior produtor e exportador de Hidrogênio Verde nos próximos anos.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business