História da música baiana

Prefeitura de Salvador inaugura da Cidade da Música da Bahia. Vem saber!

Por Gabriela - Em 24 de setembro de 2021

Cidade Da Musica

Cidade da Música da Bahia

Salvador acaba de ganhar mais um museu. A Cidade da Música da Bahia, espaço interativo que irá contar a história da música baiana, localizado no emblemático Casarão de Azulejos Azuis, no bairro do Comércio foi inaugurado na última quinta-feira (23).

O equipamento já está disponível para visitação, que poderá ser feita de terça-feira a domingo, mediante agendamento no site Cidade da Música. A entrada custa R$ 20 a inteira, com estudantes e residentes em Salvador podendo pagar meia-entrada através de comprovação.

Gerenciado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), a Cidade da Música da Bahia tem 1.914,76 m² de área construída e possui quatro pavimentos, cuja imersão dos visitantes é proporcionada através da mais moderna tecnologia utilizada atualmente. O piso térreo conta com hall de entrada, recepção/bilheteria, salão de estar, café, loja, biblioteca, midiateca, centro de pesquisa, área de infraestrutura do centro cultural, secretaria, depósito, copa e área de funcionários.

A partir daí a viagem ao universo sonoro da capital baiana é monitorada através do próprio smartphone do visitante, por meio do sistema da Cidade da Música a ser acessado através de QR Code e mediante preenchimento do cadastro.

Recuperação

As intervenções no Casarão dos Azulejos Azuis tiveram investimento total de R$19,2 milhões, sendo R$11 milhões provenientes de financiamento junto à Corporação Andina de Fomento (CAF), através do Programa de Requalificação Urbanística de Salvador (Proquali), com intermediação da Casa Civil, e obras executadas pela Superintendência de Obras Públicas (Sucop), vinculada à Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra).

Mais notícias

Ver tudo de Notas