EM PRIMEIRO TURNO

Arthur Lira eleito presidente da Câmara dos Deputados e afirma que é preciso avançar a agenda das reformas no País

Por Marcelo - Em 2 de fevereiro de 2021

Com ampla vantagem de 302 votos a 145, o deputado Arthur Lira (PP-AL) foi eleito presidente da Câmara dos Deputados em primeiro turno para o biênio 2021-2022 nesta segunda-feira (1). Como ele obteve a maioria absoluta de votos dos presentes, não haverá um segundo turno. Lira confirmou a ampla vitória do presidente Jair Bolsonaro no dia de hoje, conseguindo eleger seus candidatos para as presidências do Senado (Rodrigo Pacheco) e da Câmara.

Arthur Lira deixou seu recado pouco minutos após ser eleito             Foto: Agência Câmara

Em segundo lugar ficou o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), com 145 votos. Em seguida, aparecem Fábio Ramalho (MDB-MG), com 21; Luiza Erundina (Psol-SP), com 16; Marcel van Hattem (Novo-RS), com 13; André Janones (Avante-MG), com três; Kim Kataguiri (DEM-SP), com dois, e General Peternelli (PSL-SP), com um voto. Também foram registrados 2 votos em branco.

Em seu discurso antes da votação, Lira defendeu a previsibilidade na análise das propostas. Segundo ele, haverá reunião de líderes das bancadas às quintas-feiras a fim de elaborar a pauta, com a definição dos relatores, respeitada a proporcionalidade partidária.

Lira também defendeu uma posição de neutralidade para comandar os trabalhos. “Quando um deputado ou deputada atinge a Presidência, é imposta automaticamente a perda da mais fundamental prerrogativa parlamentar, a de votar”, disse. “Isso quer dizer que o presidente não pode ter posições pessoais”.

Apesar disso, no fim da noite e já ocupando a cadeira da presidência da Câmara, Arthur Lira decidiu anular o bloco de Baleia Rossi, por ter sido registrado após o fim do prazo regulamentar e determinou que a votação da nova mesa diretora será realizada na tarde desta terça-feira, dando um recado de sua maneira de agir. (Com Agência Câmara de Notícias)

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection