Ex-prefeita de Graça

Augusta Brito deve mudar domicílio eleitoral para concorrer à Prefeitura de Fortaleza e resolver possível impasse na sigla

Por Deusdedit Neto - Em 27/02/2024 às 10:13 PM

384121777 18280790773151462 8464788303867748951 N

Foto: Divulgação

A senadora Augusta Brito (PT) pode ser a solução para o impasse que há entre os pré-candidatos do PT à Prefeitura de Fortaleza neste ano. Embora não tenha domicílio eleitoral na Capital, a petista pode realizar a mudança para ser candidata ao Executivo e “prevenir” o partido de possíveis crises internas, com a disputa de correntes pela escolha do representante.

A possibilidade já havia sido confessada pelo presidente do PT Ceará, Antonio “Conin” Filho, ao IN Poder no ano passado. À época, ele informou à reportagem que havia feito o convite para que Augusta mudasse seu domicílio eleitoral. Ela tem experiência no Executivo, antes de ser eleita deputada estadual – em 2014 – foi prefeita de Graça por dois mandatos, 2005 e 2009.

Nesta terça-feira, 27, Augusta considerou a possibilidade, mas não precisou se vai ou não realizar a mudança para o pleito de outubro de 2024. “Estamos ainda analisando realmente se eu vou fazer isso nesse primeiro momento agora ou se vai ficar para depois. Mas é agora, né? Tem que ser. Ou é agora ou, então, só depois. Sem pressa”, iniciou a senadora.

“Para que a gente possa ter uma possibilidade de um nome a mais se for o caso do PT precisar. A gente é pelo projeto coletivo, liberado sobretudo pelo ministro Camilo Santana. Então, qualquer necessidade que tiver, se a gente puder estar com nosso nome apto a qualquer desafio, a gente quer estar pronta”, completou Augusta, em entrevista ao jornal O Povo.

Atualmente, o PT Fortaleza conta com cinco pré-candidatos ao Paço Municipal. Evandro Leitão, presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece), desponta atualmente como favorito. Correm por fora a deputada federal e ex-prefeita da Capital, Luizianne Lins; a deputada estadual Larissa Gaspar; o deputado estadual e presidente do PT Fortaleza, Guilherme Sampaio; e o assessor especial do Ceará, Arthur Bruno.

Mais notícias

Ver tudo de IN Poder