ENERGIA DO FUTURO

Camilo assina novos protocolos com quatro empresas para o Hub de H2V

Por Marcelo - Em 13 de outubro de 2021

O governador Camilo Santana anunciou nesta quarta-feira (13), quatro novos protocolos de entendimento com empresas que pretendem produzir Hidrogênio Verde no Ceará. A solenidade contou com a participação de representantes das empresas Eneva, Diferencial Energia, Hytron e H2Helium, todas brasileiras. Com isso, já chegam a nove as empresas com documentos assinados, garantindo investimentos superiores a R$ 100 bilhões.

Camilo Santana mostra os protocolos assinados hoje no Ceará                          Foto: Divulgação

Ele ressaltou o enorme potencial em energias renováveis que o Ceará possui e isso ajudará na substituição de combustíveis que geram emissão de carbono no mundo. “Estamos muito felizes em receber esses novos investimentos em Hidrogênio Verde, que é o combustível do futuro. Temos a possibilidade de dar uma grande contribuição ambiental pro planeta e ainda gerar oportunidades de trabalho e empregos pros cearenses, melhorando a economia do Estado”, afirmou.

A assinatura dos protocolos contou com as presenças dos secretários Maia Júnior (Sedet); Lúcio Gomes (Seinfra); Francisco Teixeira (SRH); Artur Bruno (Sema); Inácio Arruda (Secitece); da secretária-executiva da Indústria da Sedet, Roseane Medeiros), e do presidente do Complexo do Pecém, Danilo Serpa. Além do reitor da UFC, Cândido Albuquerque, e do presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante.

Maia Júnior agradeceu a liderança do governador Camilo e o apoio fundamental da Universidade Federal do Ceará e da Federação das Indústrias do Estado do Ceará. “Hoje concluímos o processo de atração de quatro novas indústrias que, certamente, fortalecem nosso Hub de H2V, uma iniciativa pioneira no Brasil, com intuito de reduzir níveis de redução de poluentes”, ressaltou.

Representantes das empresas que pretendem investir no Hub de H2V no Ceará

O Governo do Ceará, em parceria com a FIEC, UFC e Complexo do Pecém, lançou no dia 19 de fevereiro deste ano o HUB do Hidrogênio Verde. Durante o evento, Camilo Santana apresentou o potencial do Estado em se tornar um fornecedor global desse tipo de combustível, contribuindo para a redução dos níveis de CO² na atmosfera, que provoca o efeito estufa.

Até agora, foram atraídas nove empresas interessadas em produzir o combustível do futuro no Porto do Pecém. As australianas Enegix Energy e Fortescue, a francesa Qair, a norte-americana White Martins e a Neoenergia assinaram entre os meses de fevereiro e setembro. A EDP anunciou no mês passado a primeira usina de H2V do Ceará, que já deve iniciar sua operação em 2022. São mais de R$ 100 bilhões em investimentos.

Assista ao vídeo:

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection