CEARÁ É SEGUNDO NO NORDESTE

Camilo comemora a geração de 8.047 novos postos de trabalho em fevereiro

Por Marcelo - Em 29 de março de 2022

O governador Camilo Santana comemorou nesta terça-feira (29), os números do Ceará divulgados pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência, revelando que o Ceará conseguiu gerar mais de oito mil novos postos de trabalho com carteira assinada, resultado de 46.036 contratações e 37.989 demissões.

Camilo Santana destacou que o Ceará foi o segundo da Região Nordeste      Foto: Divulgação

“O Ceará em fevereiro teve resultado positivo, com 8.047 novos empregos gerado. Somos o segundo estado do Nordeste, só perdemos para a Bahia. Isso mostra que nós estamos no caminho certo, gerando empregos e oportunidades. O PIB do Ceará cresceu dois pontos percentuais acima do PIB do Brasil”, celebrou.

Em todo o Brasil, de acordo com o Novo Caged, foi registrado um saldo positivo de postos de trabalho com carteira assinada em fevereiro, que chegou a 328.507 novos empregos. No acumulado do primeiro bimestre deste ano o saldo é de 478.862 novas vagas. Já no período entre março de 2021 a fevereiro último, o País gerou 2.582.497 novos postos de trabalho.

Tempo Integral

Na tradicional conversa virtual com os cearenses nesta terça-feira, Camilo assinou a lei aprovada na Assembleia Legislativa do Ceará, que institui o Plano de Universalização do Tempo Integral na rede pública de ensino do Ceará até 2026. Ele destacou que a ação é fruto de uma política pública continuada, que tem na universalização o seu fortalecimento.

“Vamos sair de 60% para 100% (da rede de ensino médio estadual em tempo integral) nos próximos quatro anos. Hoje, os melhores alunos estão saindo da escola pública. O tempo integral, além de dar esperança e oportunidade aos jovens, protege a juventude. Na escola, o jovem faz as três refeições, tem computador, internet, quadra de esporte. Um conjunto de oportunidades”, disse Camilo Santana, em tom emocionado.

Pelo plano, 326 unidades escolares de ensino médio serão reformadas ou construídas, já no formato para atender às necessidades dos alunos cearenses durante os dois turnos de ensino, num cronograma de expansão ano a ano entre 2022 e 2026.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection