ESTRATÉGIA POLÍTICA

Ciro Gomes e mais cinco presidenciáveis assinam manifesto em prol de nome de centro para despolarizar Eleições 2022

Por Marcelo - Em 1 de abril de 2021

Uma carta que está sendo chamada de “Manifesto pela consciência democrática”, assinada pelos principais nomes de centro, possíveis candidatos à Presidência da República nas eleições do ano que vem, inclusive o cearense Ciro Gomes (PDT), tem o objetivo de encontrar um nome de consenso, que possa despolarizar a campanha que tem Jair Bolsonaro (sem partido) de um lado e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) do outro.

Ciro Gomes foi um dos signatários do documento em prol da democracia       Foto: Divulgação

Além de Ciro, também assinaram o documento o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM); os governadores de São Paulo, João Dória, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, ambos do PSDB; João Amoêdo (Novo), e o apresentador de televisão Luciano Huck.

Todos acreditam que a melhor alternativa para tentar desbancar Bolsonaro e Lula, seria cum candidato de centro, mais aberto ao diálogo e, portanto, menos voltado a radicalismos. Tanto que políticos de esquerda como Guilherme Boulos (Psol) e Flávio Dino (PC do B), não foram chamados para assinar o manifesto.

A mobilização em prol de uma candidatura moderada, conta com o apoio de grandes empresários, que estão utilizando as redes sociais para divulgar a ideia e buscar o apoio da população. Embora haja algumas divergências entre os próprios candidatos que assinam o documento, todos são unânimes em afirmar que o Brasil não pode abrir mão da democracia. (Com informações do Valor)

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection