Segurança Hídrica

Com articulação de Danilo Forte e Felipe Mota, DNOCS assina ordem de serviço para mais de 100 poços no Ceará

Por Deusdedit Neto - Em 18/01/2024 às 8:00 PM

8db66b1d Bcac 4b57 8905 Ca7bef7728ad

Foto: Divulgação

Na manhã de desta quinta-feira, 18, o Diretor-Geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), Fernando Leão, formalizou, junto ao deputado federal Danilo Forte (União Brasil), e ao deputado estadual, Felipe Mota (União Brasil), a assinatura da ordem de serviço para a perfuração de mais de 100 poços no interior do estado do Ceará.

Também estiveram presentes no momento, os Diretores Administrativo e de Infraestrutura Hídrica da Autarquia, Narcelio Albuquerque e Luiz Hernani Júnior, o Coordenador Estadual do DNOCS no Ceará, Antônio José Porto Mota, a Chefe da Auditoria Interna, Luana Evangelista, o Procurador-Chefe do DNOCS, Arlem de Queiroz, a Chefe de Gabinete, Waleska Moura, o Coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica, Nilo Alberto Lopes Barsi e representantes de prefeituras e associações rurais que serão atendidas.

De acordo com Fernando Leão, esta ação conta com um valor aproximado de 5 milhões de reais e é fruto de uma emenda parlamentar do deputado federal Danilo Forte. “Este investimento não só atende às necessidades imediatas dessas regiões áridas, mas também contribui para a promoção da segurança hídrica a longo prazo. Inicialmente, vamos beneficiar cerca de 30 municípios cearenses com poços, muitos deles equipados com sistemas de energia solar, proporcionando um abastecimento mais eficiente e sustentável para a população, para que não dependam apenas da energia elétrica, que muitas vezes não chega a algumas comunidades rurais. Nosso compromisso é colaborar com mais qualidade de vida para o povo do sertão, amenizando o sofrimento ocasionado pelas secas e dando esse suporte que a população tanto precisa.”, destacou.

Danilo destaca a importância estratégica desses poços, enfatizando como devem melhorar a qualidade de vida e promover o desenvolvimento econômico. “A luta secular do homem nordestino é a luta pela garantia de recursos hídricos. A falta d’água já foi responsável pelo êxodo rural, famílias que se perdem por causa da migração e muitos outros sofrimentos. Quando você traz para dentro de um órgão secular, como o DNOCS, comunidades desabastecidas e que precisam da garantia da água, e viabiliza recursos para fazer poços profundos, para dar tratamento a essa água, dessalinizar e modernizar, inclusive com a entrega de poços a energia solar, que vão fazer com que a água chegue às comunidades, isso é muito importante, pois dá dignidade, qualidade de vida e saúde para as pessoas que moram no sertão.”, disse o deputado.

Já Felipe Mota enfatizou que o Departamento tem uma importância gigantesca no Nordeste. “O DNOCS tem sido o grande parceiro do povo brasileiro. A Autarquia é uma grande aliada do Nordeste, pois se não fosse o DNOCS estaríamos passando por grandes problemas. As grandes barragens e os mais importantes recursos hídricos do país foram erguidos pelo DNOCS. Não podemos deixar que a história deste Órgão fique apenas nas fotografias, pois o DNOCS é entrega para o povo sertanejo. Podemos ver que o DNOCS já está assinando uma ordem de serviço para a execução de recursos que chegaram no final do ano. Dificilmente vemos isso em outros lugares. Isso sim é que o povo brasileiro espera, que o seu dinheiro chegue na instituição e que o serviço seja executado o mais breve possível.” destacou.

O Departamento Nacional de Obras contra as Secas desempenha um papel significativo na mitigação dos impactos da escassez hídrica no semiárido brasileiro. Suas ações abrangentes, desde a construção de infraestrutura hídrica até programas de desenvolvimento sustentável, refletem um compromisso para as comunidades nordestinas.

Mais notícias

Ver tudo de IN Poder