Rede Social

Elon Musk cogita reverter banimento de Donald Trump do Twitter

Por Viviane Ferreira - Em 11 de maio de 2022

6a9fc13a 104410219 Ap 17034561978611r

Elon Musk e o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, alegou em um evento on-line do Financial Times, que o Twitter foi “tolo ao extremo” ao expulsar o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de seu serviço.

Musk, chegou a um acordo para adquirir o Twitter por cerca de US$ 44 bilhões no final do mês passado, e por se auto intitular como “absolutista da liberdade de expressão”, pretender reverter o banimento de Trump da mídia social.

Expulsar o ex-presidente do site “não acabou com a voz de Trump”, disse Musk. “E acabou amplificando isso entre as direitas. É por isso que é moralmente errado e totalmente estúpido.”

Apesar do posicionamento do bilionário, Donald Trump disse anteriormente à Fox News que não retornará ao serviço, mesmo que a proibição seja suspensa. Ele está apoiando sua própria empresa de mídia social, chamada Truth Social.

Um porta-voz do ex-presidente não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre os comentários de Musk.

 

 

 

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection