ESTRATÉGIA MUNICIPAL

Ouvidoria busca resolução de demandas e a gestão participativa dos cidadãos

Por Marcelo - Em 17 de março de 2021

A Ouvidoria do Município de Fortaleza funciona como um canal de interação e controle social sobre os serviços municipais, e vem inovando a cada dia. As manifestações recebidas pelo órgão, sejam elas denúncias, elogios, reclamações ou sugestões, podem ser anônimas, e após o recebimento da manifestação, será cobrada a resolução por parte dos órgãos executores.

De acordo com a ouvidora geral do município, Lílian Fontele, o canal também tem a função de identificar essas demandas e transformá-las em melhorias importantes para serem utilizadas durante o planejamento da gestão e dos serviços públicos, beneficiando diretamente a população. Atualmente, cerca de 30 órgãos da Prefeitura de Fortaleza já contam com o serviço, coordenado pela central.

Lílian Fontele diz que o cidadão deve ter gestão participativa                           Foto: Divulgação

“Estamos estimulando, nesta nova gestão, para que todos os órgãos e secretarias possuam um perfil de ouvidor. Embora a Ouvidoria tenha um papel formal de funcionar como segunda instância, as demandas podem ser recebidas diretamente por nós, pois na prática não é feita essa distinção. O correto é que iremos dar um retorno para o cidadão e transformar essas informações em políticas públicas”, afirmou.

O prazo para a manifestação ser concluída é de 30 dias corridos, podendo ser estendido por mais 15 dias, de acordo com a complexidade do caso. “O papel primordial da Ouvidoria é dar voz para que o cidadão tenha gestão participativa, de forma que ela seja consolidada. Tudo o que o cidadão denuncia deve ser considerado para formar as ações na gestão de governo, criando maiores condições de assertividade”, enfatizou Lílian.

Além de encaminhar as manifestações pelos órgãos municipais, pelo canal da Ouvidoria Digital (https://ouvidoria.cgm.fortaleza.ce.gov.br/portal), o órgão também está lançando o aplicativo Ouvidoria Digital, já disponível para a plataforma Android e em breve para iOS. Além de oferecer mais uma opção de acesso online aos fortalezenses para a realização de manifestações, a expectativa é que o aplicativo também seja utilizado rotineiramente pelos Agentes de Cidadania e Controle Social.

A Ouvidoria Geral do Município também está implantando, até o final deste mês, um chatbot, programa de computador para atender pedidos de informações mais simples, como número de telefones, endereços, entre outros. “Dessa forma, o pedido poderá ser resolvido rapidamente, sem necessidade de cadastrar uma nova demanda”, explicou Lílian Fontele.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection