COMBATE À PANDEMIA

Prefeitura de Fortaleza já aplicou mais de 876 mil doses de vacinas contra a Covid

Por Marcelo - Em 25 de maio de 2021

As equipes da Prefeitura de Fortaleza já aplicaram 876.614 vacinas contra a Covid-19, desde o início da campanha no dia 18 de janeiro. Desse total, 557.866 pessoas receberam a primeira dose dos imunobiológicos disponíveis. Além disso, outras 318.748 tiveram a segunda dose já devidamente assegurada.

Vacinação segue avançando nos grupos prioritários da Capital                          Foto: Divulgação

Os dados foram apresentados em transmissão ao vivo pelas redes sociais pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), nesta terça-feira (25). Amanhã e quinta-feira (26 e 27), o município oferta uma nova oportunidade para pessoas pertencentes à terceira fase da campanha de vacinação que, em virtude de quaisquer circunstâncias, perderam a data inicialmente prevista para o atendimento.

Amanhã será atendido quem possui de 50 a 59 anos. Já na quinta-feira, aqueles com idade entre 18 e 49 anos. “Essas pessoas podem procurar qualquer um dos oito locais de vacinação (Centro de Eventos, o Sesi Parangaba, o RioMar Fortaleza, a Arena Castelão ou um dos quatro Cucas da cidade), levando o comprovante de endereço, o comprovante do agendamento e o atestado que comprove a comorbidade”, orientou a secretária-adjunta da SMS, Aline Gouveia.

O imunobiológico disponível para a ação desta quarta e quinta será do laboratório Astrazeneca, Universidade de Oxford e Fiocruz. E nesta sexta-feira a Prefeitura de Fortaleza retomará, por agendamento, a vacinação de pessoas pertencentes a todas as fases que já foram iniciadas.

“Ainda estamos vacinando pessoas da segunda fase, da primeira fase e também da terceira, uma vez que esse público é muito dinâmico”, afirmou Aline. Segundo ela, são comuns os casos de pessoas que se mudam de um município para outro ou de pessoas que não tinham comorbidades, mas foram diagnosticadas depois do início da campanha de vacinação.

Dessa forma, a campanha vai avançar de fases, no entanto, o cadastro continua para atender esse tipo de situação. “Pode entrar no Saúde Digital e aguardar que você será chamado”, garantiu Aline Gouveia. De acordo com a SMS, no ato do cadastro para o recebimento da vacinação, pessoas com comorbidade ou deficiência permanente precisam declarar a sua condição.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection