Gestão e Compromisso

Centro de Mediação e Gestão de Conflitos da Alece assinará termo de cooperação com Instituto Brasileiro de Direito de Família

Por Eveline - Em 28 de junho de 2022

Alece Evandro Leitão E Cristiane Leitão

Evandro Leitão e Cristiane Leitão

O Centro de Mediação e Gestão de Conflitos (CEMGEC) da Assembleia Legislativa e o Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM) celebrão nesta quarta-feira (29), às 10 horas, o termo de cooperação técnica para desenvolver, fortalecer e difundir a cultura de paz com relação às temáticas envolvendo o direito das famílias. A assinatura será no Comitê de Responsabilidade Social do Anexo 3 da Alece (avenida Pontes Vieira, 2300, sala 101 – Dionísio Torres).

Mediar conflitos no âmbito familiar é um dos escopos do Centro de Mediação da Alece, que funciona há um ano realizando gratuitamente a gestão de conflitos de forma pacífica, por meio da mediação e dos círculos restaurativos, com o fim de incentivar e fortalecer a cultura de paz. O órgão também atua na mediação entre vizinhos, questões condominiais e área imobiliária.

“O acordo de cooperação fortalece o importante trabalho do Centro vem realizando, um órgão que promove a cultura de paz em nossa sociedade. Essa atuação aproxima ainda mais o Parlamento dos cidadãos e contribui para solucionar conflitos”, afirma o presidente da Casa, Evandro Leitão (PDT).

“Com os trabalhos do Centro, a Assembleia Legislativa dissemina boas práticas que corroboram no propósito da justiça social, com ações preventivas e educativas, que restauram as relações humanas e propagam a paz nas comunidades. É um grande serviço que muito nos orgulha e engrandece o escopo de serviços do Parlamento”, complementa.

O Centro de Mediação foi idealizado pela primeira-dama da Casa, Cristiane Leitão. O órgão possui convênio com a Vice-Governadoria do Estado do Ceará, assim como outros parceiros, como o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE), no sentido de viabilizar uma atuação integrada no âmbito da pacificação social e ressignificação dos conflitos. Ao longo deste primeiro ano de atividades, o órgão desenvolveu trabalhos que beneficiam a população com viabilização do diálogo, além do fortalecimento de vínculos e políticas públicas que oferecem alternativas de soluções e pacificação.

Mais notícias

Ver tudo de IN Express