ApexBrasil

Lucas Fiuza reforça importância do setor de casa e construção para desenvolvimento nacional

Por Rosa Sampaio - Em 22 de junho de 2022

Lucas Fiuza

Lucas Fiuza

O setor de casa e construção é cada vez mais uma potência para o desenvolvimento regional e o posicionamento do Brasil no cenário internacional. Lucas Fiuza, diretor de Negócios da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), relata que existem, aproximadamente, 20 mil empresas do segmento no Brasil.

Isso faz do país o 6º maior produtor mundial de móveis, com produção estimada de 421,24 milhões de peças produzidas em 2021. Em quesito de exportação, ocupamos o 28º lugar no ranking de principais exportadores de móveis prontos e colchões do mundo. 

Do total de peças produzidas, 3,9% são destinadas à exportação e o segmento tem potencial de expandir ainda mais suas atividades. Em fevereiro deste ano, por exemplo, a produção cresceu 2,7% em relação a janeiro. Justamente por isso, são de extrema relevância ações de promoção comercial que a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) desenvolve com a Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (ABIMÓVEL), como a exposição CASA BRASIL Nova York, que aconteceu no mês de maio, nos Estados Unidos, com peças de mais de 60 empresas brasileiras.

Ao desenvolvimento nacional, o setor gera 273,3 mil empregos diretos e indiretos e está presente nas diferentes regiões. O desafio, entretanto, é sua grande concentração no Sul e no Sudeste, uma vez que essas duas regiões sozinhas são sede de 11 polos produtores. 

Para saber mais sobre o segmento, confira a Revista INSIDER.

Mais notícias

Ver tudo de IN Express