CRÉDITO FACILITADO

Estímulo 2020 Ceará pretende arrecadar R$ 10 milhões para ajudar MEIs e MPEs

Por Marcelo - Em 25 de agosto de 2020

Foi realizado na tarde desta terça-feira (25), o lançamento oficial do projeto Estímulo 2020 Ceará, em parceria com a iniciativa Somos Um, com o objetivo de auxiliar micro e pequenas empresas a superarem os desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus no Brasil. A meta inicial é arrecadar R$ 10 milhões para ajudar MEIs e MPEs a passar por este momento complicado da economia nacional e mundial.

MEIs e MPEs que faturam até R$ 2 milhões anuais terão acesso                Foto: Divulgação

O projeto prevê a viabilização de acesso ao crédito de forma rápida e simplificada, com juros subsidiados e num formato digital, que possa ajudar aos bons empreendedores a atravessar melhor este momento e preservar o maior número de empregos. O programa é destinado a negócios que eram viáveis antes da pandemia, com faturamento entre R$ 180 mil e R$ 2 milhões anuais.

De acordo com a empresária Ticiana Rolim, que vai coordenar as ações no Ceará, os microempreendedores individuais, além das micro e pequenas empresas, representam 98,4% dos negócios que funcionam no Estado, geram 51% dos empregos e fazem a nossa economia girar.

Ticiana e Edson Queiroz Neto já realizaram suas doações ao programa

“É um momento desafiador para todos, mas muito mais para eles. Assim, nossa ideia de trazer o Estímulo 2020 é a de minimizar os danos sociais e econômicos dessa pandemia sobre esses empreendedores. Estamos certos de que conseguiremos importantes adesões do empresariado local e alcançaremos a nossa meta de ajudar diversas iniciativas”, disse.

De acordo com a empresária, o objetivo é chegar a R$ 10 milhões para disponibilizar aos MEIs e às MPEs que geram milhares de empregos – diretos e indiretos – no Ceará. “Já estamos com R$ 5 milhões doados aqui no Estado. Queremos uma solução rápida e prática, e quem sabe superar nossa meta para ajudarmos ainda mais empreendedores em nosso Estado”, afirmou Ticiana Rolim.

Beto Studart e Assis Cavalcante também apoiam a iniciativa Estímulo 2020

Empresários como Beto Studart, Edson Queiroz Neto, Bruno Girão, Pio Rodrigues Neto, Ticiana Rolim, Edniton Soárez, Assis Cavalcante, Cláudio Vale, dentre outros empresários do Ceará já fizeram suas contribuições e participam da iniciativa. Mas qualquer pessoa pode ajudar o Estímulo 2020 Ceará.

Já existem mais de R$ 21 milhões de pedidos de crédito de MEIs e MPEs do Ceará, sendo a maior parte dos setores de serviços e comércio. Quem quiser realizar uma doação, a partir de R$ 10,00, ou solicitar um empréstimo, deve acessar o site do Estímulo 2020 na internet no endereço: www.estimulo2020.org. Lá existe a opção do estado para o qual a pessoa quer fazer a doação.

Já o empresário paulista Eduardo Mufarej, CEO do fundo de investimentos de impacto GK Ventures, e um dos idealizadores do Estímulo 2020, destacou que o Ceará é a quinta expansão do projeto, que busca soluções para um problema grave e que tem recebido total apoio de toda a sociedade onde tem sido implementado.

“A gente decidiu criar o primeiro modelo de relief fund (fundo emergencial) em São Paulo, fomos para Minas Gerais e Rio de Janeiro e, agora, estamos chegando ao Ceará. O brasileiro sempre acha que tudo deve ser feito pelo Governo, mas a sociedade civil pode se unir e resolver pelo menos uma parte dos problemas”, disse Eduardo Mufarej.

O empresário Azor Barros, que também ajudou na criação da iniciativa, explicou que o Estímulo 2020 tem uma política de crédito bem definida, para bons empreendedores, que oferece recursos baseado no desempenho da empresa do ano anterior, com taxa fixa de 6,5% ao ano, com três meses de carência e prazo de 15 meses para pagar.

“O foco são pequenos empreendedores com bom histórico pagador, pelo menos dois anos de funcionamento e, a pedido da Ticiana Rolim, a gente aumentou o espectro de quem pode entrar no Estímulo 2020, incluindo os microempreendedores individuais, com faturamento acima de R$ 180 mil anuais”, informou.

Além do crédito fácil, os empreendedores que acessarem o site do programa Estímulo 2020 também terão ao seu dispor educação por meio de cursos de administração, finanças e marketing digital; conta digital e software de gestão financeira, plataforma de e-commerce, dentre outros serviços gratuitamente.

Eduardo Mufarej é um dos idealizador do projeto Estímulo 2020

A pré-aprovação de liberação do crédito geralmente sai no mesmo dia e, a partir desse momento, basta o empreendedor encaminhar a documentação solicitada, dentro do próprio site e, em média, em 48 horas o dinheiro é depositado na conta do solicitante.

Para finalizar, Eduardo Mufarej, lembrou de uma questão muito importante. “A maior vantagem do Estímulo 2020 é a rapidez na liberação dos recursos, pois isso resgata a dignidade dos empreendedores. Nada pior, num momento desses, que ficar esperando a aprovação do empréstimo numa instituição financeira”, completou.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business