INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

Fetrans comemora 33 anos de atuação com foco no transporte de passageiros

Por Marcelo - Em 3 de maio de 2022

Completando 33 anos de atuação no setor de transportes de passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão, no último mês de abril, a Federação dos Transportes (Fetrans) avalia os resultados de ações e projetos realizados no último ano. Com papel representativo, a entidade atua na defesa dos interesses do setor de transportes e para o desenvolvimento da mobilidade urbana, reforçando ações que prezem pela manutenção e pelo aprimoramento dos sistemas de transporte coletivo, garantindo, junto aos sindicatos e às empresas, a oferta desse serviço à população, mesmo diante dos desafios enfrentados pelo setor, sobretudo, durante os períodos mais críticos da pandemia.

Chiquinho Feitosa também atuou em Brasília, em prol do setor                         Foto: Divulgação

Ao longo do último ano, a Fetrans contribuiu com ações de conscientização e prevenção ao coronavírus entre os profissionais do transporte, por meio de ações conjuntas com o Programa Despoluir e com as unidades operacionais do Sest/Senat. Sob o comando do dinâmico empresário Chiquinho Feitosa, a instituição ainda chegou a articular e reivindicar, junto ao Governo do Ceará, a inclusão dos profissionais do transporte de passageiros nos grupos prioritários para vacinação contra a Covid-19.

Socioambiental

No âmbito socioambiental, a Fetrans passou a atuar, no último ano, com maior foco em ações de Governança Ambiental, Social e Corporativa, conhecidas por ESG (do inglês Environmental, Social and Corporate Governance) e a estar mais alinhada com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), uma agenda global que visa a construção de um mundo mais justo e sustentável até o ano de 2030.

Neste sentido, deu nova roupagem ao tradicional Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar (PMQA), reformulando-o para incentivar medidas cada vez mais eficazes e transformadoras com relação ao transporte ambientalmente responsável, que passa, obrigatoriamente, pela redução dos impactos ambientais.

Além de oferecer mais praticidade, modernidade e suporte às empresas participantes, o objetivo do PMQA passou a alinhar-se cada vez mais às atuais demandas sociais, ambientais e econômicas do País e do mundo, promovendo ações transversais e o engajamento de todos os stakeholders em torno do respeito ao meio ambiente e à preservação do planeta.

Guanabara é uma das líderes no transporte de passageiros no Norte e Nordeste

Com o Programa Despoluir, que completou 14 anos em 2021, a Fetrans também realizou, no último ano, mais de 19.800 aferições veiculares ambientais nos três estados de atuação, resultado que se reflete na média de 95% de aprovação das avaliações veiculares no modal, no último mês de fevereiro, de acordo com o Ranking de Produtividade das federações que compõem o Programa Despoluir, recém-lançado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Além disso, no ano passado, a entidade iniciou a oferta do serviço de avaliação da qualidade do diesel.

Inovação

Também em 2021, inovou com a criação da Rede Fetrans, uma plataforma virtual dinâmica e interativa, que integra todo o setor de transportes numa grande rede, com eventos sendo transmitidos em tempo real para os usuários e a disponibilização de capacitações, webinars e conteúdos institucionais, incluindo vídeos e materiais de referência para o setor de transportes.

Outra grande ação promovida pela Fetrans nos últimos meses foi o I Fórum Fetrans, Transporte Sustentável & Mobilidade Inteligente, evento que ocorreu em formato híbrido e reuniu autoridades, empresários, gestores e líderes do setor de transportes do Ceará, Piauí e Maranhão para debater soluções de acessibilidade, sustentabilidade e tecnologia para mobilidade e para reduzir os impactos ambientais da atividade nos grandes centros urbanos.

Todas as ações desenvolvidas no último ano são motivo de orgulho para as equipes da instituição, que trabalham de forma que verdadeiramente represente os filiados de sua base territorial junto à sociedade civil e aos poderes públicos e colabore com as políticas de desenvolvimento do transporte, bem como para o desenvolvimento profissional e bem estar do trabalhador em transporte, da sociedade e do meio ambiente.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business