REFLEXOS INTERNACIONAIS

Ibovespa registra alta de 1,84% e reverte tombo ocorrido na segunda em 0,67%

Por Marcelo - Em 22 de setembro de 2021

A manutenção dos juros da economia no Estados Unidos, anunciada pelo Federal Reserve (banco central dos EUA), aliada a melhores notícias sobre a situação da gigante do mercado imobiliário e de investimentos da China, Evergrande, possibilitou que o principal índice da B3 encerrasse o pregão desta terça-feira (22) em alta.

Movimento na bolsa brasileira encerrou a sessão do dia no positivo                 Foto: Divulgação

O Ibovespa chegou a ultrapassar ganhos de 2% nas máximas do dia, mas fechou a sessão com uma valorização de 1,84%, aos 112.282 pontos. Com as notícias do mercado internacional e a expectativa de nova alta da Selic, o giro financeiro negociado atingiu a casa dos R$ 27,5 bilhões.

A bolsa brasileira acompanhou o cenário positivo dos índices Dow Jones, que fechou o dia em +1,00% ,e S&P 500, com alta de 0,95% , em Wall Street. Com isso, a B3 já acumula uma alta de 0,67%, revertendo o desempenho negativo de segunda-feira, quando registrou perdas de 2,33%.

Apesar de todo o cenário duvidoso provocado pela situação da Evergrande, mas cujo governo chinês afirmou que poderá intervir, as principais ações de Vale ON fecharam em alta de 3,96%, e Petrobras teve valorizações de 3,39% e 2,66% nos papéis ON e PN, respectivamente. E o setor siderúrgico também obteve bons resultados, liderado pelas ações da Usiminas PNA, que registraram alta de 8,70%.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business