CONFERÊNCIA EM LISBOA

Ricardo Cavalcante debate inovação e sustentabilidade da pesca em Portugal

Por Marcelo - Em 27 de junho de 2022

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e da Associação Nordeste Forte, Ricardo Cavalcante, participou, na companhia da secretária de Estado das Pescas de Portugal, Teresa Coelho, da Conferência Parceria para a Inovação e Sustentabilidade da Fileira Alimentar do Mar, em Lisboa, nesta segunda-feira (27). O encontro teve como objetivo fortalecer a indústria da pesca e as relações comerciais entre Brasil e Portugal na área.

Ricardo Cavalcante assinou o MoU sobre infraestrutura da pesca em Lisboa   Foto: Divulgação

Na oportunidade foi realizada a assinatura de memorando de entendimento (MoU) entre a FIEC, Sindfrio-CE e Docapesca – Portugal para promoção de cooperação técnica e formativa para gestão de infraestrutura de apoio à pesca, organização da primeira venda do pescado, sistema de rastreabilidade do pescado, gestão da segurança alimentar e certificação, sistema de informática de apoio à gestão e implementação do conceito de porto de pesca sustentável.

Entre os presentes na reunião, em Lisboa, estiveram Maria do Céu Antunes, ministra da Agricultura e da Alimentação de Portugal; Sérgio Faias, presidente da Docapesca; Manuel Tarré, presidente Associação da Indústria Alimentar pelo Frio (ALIF – Portugal); Alexandre Leitão, embaixador de Portugal responsável pela Organização da Conferência das Nações Unidas; Miguel Marques, da Blue Info e Skipper & Wool; Abílio Ferreira, representante da Câmara Municipal de Lisboa; o diretor de Inovação da FIEC, Sampaio Filho; Beto Gradvohl, presidente CS Economia do Mar e representante do Sindfrio-CE; Cadu Villaça, consultor Técnico e Científico do Sindifrio; além de diversos outros empresários do setor.

Importância

O presidente da FIEC destacou que o evento é de grande relevância para a economia cearense e portuguesa. “É com muita honra que estamos aqui, buscando novos mercados. Portugal é exemplo para o mundo e é com bons exemplos como esse que temos que aprender. Também vamos compartilhar o que temos de relevante no Ceará. Juntos, podemos ir muito mais longe, promovendo o desenvolvimento da indústria do mar e dos nossos países”, declarou Ricardo Cavalcante.

Já Teresa Coelho, ministra da Pesca de Portugal, ressaltou a importância do encontro. “No dia que começa oficialmente a 2º Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, temos a feliz coincidência de também estarmos reunidos aqui para promover e estreitar laços comerciais entre nossos dois países irmãos. Portugal é um dos maiores consumidores de pescado do mundo e, por isso, é muito importante continuarmos a aumentar nossa produção de forma sustentável”, afirmou.

Manuel Tarré, presidente da ALIF – Portugal, disse que o momento possibilitará ganhos mútuos, com o aumento do comércio no setor para ambos os países. “Acreditamos que o Ceará pode ser uma porta de entrada para todo o Mercosul e, Portugal porta de entrada para a União Europeia”, completou. Em agosto deste ano, será a vez da comitiva portuguesa do setor da economia do mar desembarcar nas terras cearenses para promover mais estreitamento nas relações comerciais entre os dois países.

Sustentabilidade

Ricardo Cavalcante falou também sobre o Hub de Hidrogênio Verde e Núcleo ESG

Ricardo Cavalcante falou ainda sobre o pioneirismo da FIEC frente a projetos de sustentabilidade e de desenvolvimento da indústria do Estado, a exemplo do Hub de Hidrogênio Verde e do Núcleo ESG. Já o diretor de Inovação, Sampaio Filho, lembrou que a FIEC tem sido pioneira em projetos inovadores para o setor, a exemplo do Rastum, premiado internacionalmente como um dos melhores para o setor, que promove o mapeamento da cadeia do pescado desde a pesca do peixe em alto mar, chegada ao porto e sua venda.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business