PROJEÇÃO DA ABCOMM

Vendas por e-commerce para o Dia das Mães deverá superar os R$ 7 bilhões

Por Marcelo - Em 04/05/2024 às 8:46 AM

As empresas de e-commerce e logística estão se preparando para enfrentar um volume de demandas elevado, à medida que o Dia das Mães se aproxima. Com projeções positivas da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o panorama para o comércio eletrônico durante esta data comemorativa é de uma expansão significativa.

Compras pela internet estão numa crescente em todo o Brasil

De acordo com as estimativas da ABComm, as vendas do e-commerce brasileiro durante o Dia das Mães de 2024 estão projetadas para atingir um faturamento de R$ 7,03 bilhões. Esse número representa um aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano anterior, demonstrando uma tendência ascendente no consumo online durante datas importantes de celebração.

Já a pesquisa conduzida pela Opinion Box adiciona uma camada de compreensão ao comportamento dos consumidores, ao revelar que 42% dos brasileiros têm planos concretos de realizar compras online nesta ocasião. Esse dado ilustra a crescente preferência pelo comércio eletrônico, devido a uma série de variantes.

Para o especialista em comércio exterior e diretor da AGL Cargo, Jackson Campos, a experiência de compra nos canais digitais vem ganhando a preferência dos brasileiros devido a uma ampla variedade de produtos e marcas. “Uma das razões pelas quais os consumidores preferem o comércio eletrônico é a conveniência que o mesmo oferece, permitindo que eles façam compras a qualquer hora do dia ou da noite, de acordo com sua própria programação e conveniência”, explica.

Essa conjunção de dados reflete não apenas uma mudança nas preferências de compra, mas também um impulso no comércio exterior. “À medida que mais consumidores buscam produtos e presentes exclusivos, as empresas estão cada vez mais voltando sua atenção para mercados globais, expandindo suas operações e oportunidades de exportação” destaca Campos.

O Dia das Mães não é apenas uma celebração familiar, mas também um catalisador da economia, que impulsiona o comércio exterior e evidencia a crescente importância do comércio eletrônico como uma força motriz na venda de produtos de uma maneira global.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business