Test drive

Road In testou o híbrido do Novo Corolla Cross e já adiantamos: o SUV tem vocação para economia

Por jota - Em 28 de março de 2022

Jota Pompílio, editor

 

Img 20220328 Wa0004

Fotos: Jota Pompílio

Não há dúvida: o momento pertence aos SUVs. É tanto que o Corolla Cross aparece colado no segundo, o Corolla sedan, mês a mês, em vendas. E olha que estamos falando do sedan mais vendido no mundo, ok! Na Newland, em Fortaleza, o SUV está em destaque até antes de adentrar a loja !

O fato é que desde sua apresentação em março de 2021, o novo Toyota Corolla Cross vem despertando a atenção de quem procura SUVs e durante uma semana, cedido pela montadora, na capital cearense, eu testei a versão XRV – que é a de entrada quando a motorização é híbrida.

Img 20220328 Wa0005

Modelo já é o terceiro mais vendido da marca

Impressões

A bordo, a dirigibilidade ficou muito melhor e o desempenho geral do veículo agrada muito. São 12 segundos para atingir 100 km/h e a velocidade máxima está limitada em 170 km/h. Porém, é nas acelerações leves e médias, principalmente nas arrancadas de semáforo – quando há a maior ajuda dos motores elétricos, – que o carro agrada mais.

No “para e acelera” na cidade, o conjunto híbrido faz sua grande diferença para o consumo de combustível. Todo mundo sabe que tirar o carro da condição de stop gasta-se a maior parte do combustível. Aí é que entra a importância de ser híbrido, pois com a ajuda dos motores elétricos esse grande esforço fica por conta deles, poupando de trabalho o motor a combustão. Resultado? Na zona urbana, o consumo homologado do Inmetro é substancialmente melhor que na estrada com 17,8/ km/l. Bom para quem trabalha com ele dia a dia, né? Na estrada, fica próximo dos 14/ km/l.

Sob o capô

Nesta versão híbrida, quatro cilindros flex trabalham dentro do motor 1.8, de 16 válvulas, repassando 98/101 cv a 5.200 rpm e 14,5 m·kgf a 3.600 rpm. Porém, associado a dois motores-geradores elétricos entregam a potência adicional de 72 cv e 16,6 m·kgf de torque. Total: 122 cv potência máxima e 16,6 m·kgf de torque máximo. Na estrada, o Cross embala rápido e te dá confiança em ultrapassagens. Silencioso, não se percebe a troca de marchas de 10 marchas.

Estilo atraente

O design do Corolla Cross é algo que me agrada e é inegável que o SUV da Toyota tem seu charme próprio. Ela tá lindo de frente, de lado e por trás. Sua dianteira, por exemplo é bem original e os recortes das caixas de roda em formato trapezoidal com molduras plásticas dão destaque à silhueta lateral, ornando com as rodas 18” de pintura escurecida e face diamantada.

Toyota Corolla Cross Xrx 1615474536439 V2 450x253

Toyota Corolla Cross por dentro

Posição de dirigir e conforto dos bancos são outros itens que em conjunto com a suspensão deixam o carro com rodagem macia e bem equilibrada. A visibilidade 360 graus é muito boa desde o posto de comando, e os passageiros do banco traseiro ficam em posição elevada, trazendo bom conforto para todos.

Conclusão

O SUV médio da marca mostra seus atributos para uso familiar e vocação para economia de combustível com o sistema híbrido e flex. Sua garantia é de cinco anos e seu valor de revenda está cada vez aumentando.

Img 20220328 Wa0003

 

Mais notícias

Ver tudo de IN Road