CASOS REAIS

Pesquisa feita na Inglaterra mostra que Covishield reduz em 80% a possibilidade de morte por Covid-19 com uma dose

Por Marcelo - Em 10 de maio de 2021

Um estudo realizado pela Saúde Pública da Inglaterra (PHE) com base em dados reais e divulgada nesta segunda-feira (10), demonstrou que as pessoas que tomaram a primeira dose da Covishield, vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, AstraZeneca e Fundação Oswaldo Cruz, reduz em 80% a probabilidade de morte pela Covid-19.

Covishield reduziu a possibilidade de morte em 80% com uma dose             Foto: Divulgação

Revelou, ainda, que o nível de proteção da vacina da norte-americana Pfizer, em parceria com o laboratório alemão BioNTech, também atingiu 80% depois de administrada a primeira dose, sendo que este percentual sobe para 97% com a segunda aplicação do imunizante.

A pesquisa envolveu novos casos de Covid-19 que surgiram entre dezembro do ano passado e abril deste ano, e de pessoas que morreram 28 dias após terem realizado um teste cujo resultado foi positivo para o novo coronavírus, de acordo com o esquema vacinal.

De acordo com a PHE, as pessoas que receberam apenas uma dose da Covishield tiveram uma proteção de 55% em relação a casos fatais. O estudo mostrou que este número reduz para 44% no caso da vacina da Pfizer, comparando com pessoas não vacinadas.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection