Construção Civil

Coopercon Ceará comemora 25 de desafios e conquistas para os seus filiados

Por carol - Em 12 de janeiro de 2022

A Cooperativa da Construção Civil do Estado do Ceará (Coopercon-CE) completa 25 anos em 2022. A entidade, que sempre busca fortalecer os parceiros e torná-los aptos a ganhar espaço em um mercado extremamente competitivo, contabiliza muitas lutas e conquistas nesse período.

23a441ae 5e3c 41db B484 197f2d5740a4

.

“Conseguimos firmar fortes parcerias, implantar uma fábrica de cimento e um polo de corte e dobra de aço para atender as necessidades dos nossos associados. Provamos que através da união e dos grandes projetos é possível inovar a forma de construir”, destaca o diretor-presidente da Coopercon-CE, Sérgio Soares.

O executivo explica que um dos grandes desafios foi o primeiro período da pandemia, em meados de 2020.

“A construção civil e a economia como um todo atravessava um momento bastante desafiador. Começamos a estudar alternativas. Nesse sentido, mantivemos as reuniões semanais de forma virtual com diretores e compradores para tratar dos aumentos de materiais que estavam ocorrendo. Buscamos também viabilizar novas parcerias”, destacou.

Outro ponto importante foi a compra de cimento de outras praças. “O preço praticado no Ceará, assim como os estoques, era impraticável. Isso encarecia os custos para os nossos associados”, complementa. A Coopercon-CE também conseguiu firmar parceria com um produtor de tijolo cerâmico.

Sérgio Soares ressalta que a união das cooperativas foi determinante para socorrer o setor da construção civil. “Unimos esforços com as demais cooperativas, a Coopercon Brasil e a CBIC. Abrimos um canal de importação de aço e futuramente para produtos como fios, cabos, cordoalhas, pastilhas, entre outros”, destaca.

Para 2022, a Coopercon-CE já fez sua lista de projetos. O primeiro deles é comemorar os 25 anos com homenagens a personalidades importantes do setor e para cooperativa.

“Queremos fazer novas parcerias, ofertar produtos importados, realizar leilões. Novas ações deverão surgir após o planejamento estratégico que será feito ainda no início do ano pela Barros Soluções, correspondente da Fundação Dom Cabral”, finaliza o presidente Sérgio Soares.

Mais notícias

Ver tudo de IN News