INVESTIMENTO DE QUASE R$ 5 BILHÕES

Executivos do consórcio Portocem dizem que termelétrica vai gerar mais de 3 mil empregos e investimento de R$ 5 bilhões

Por Marcelo - Em 14 de janeiro de 2022

Os executivos do Consórcio Portocem, vencedor do leilão para implantação da Usina Termelétrica a Gás Natural na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Complexo do Pecém, participaram de uma reunião com o governador Camilo Santana nesta sexta-feira (14), no Palácio da Abolição. Eles revelaram que a construção da unidade deve gerar mais de 3 mil empregos naquela região.

Liderado pela estadunidense Ceiba Energy, empresa que possui, desenvolve e opera ativos de geração de energia na América Latina, e projetado pela Ponte Nova Energia, o Consórcio Portocem investirá cerca de R$ 5 bilhões para a instalação da unidade que terá uma potência instalada de 1.571 MW, reforçando ainda mais a segurança energética do Ceará e do Brasil. A Shell será responsável pelo suprimento de gás para a UTE.

Executivos do Consórcio Portocem estiveram no Palácio da Abolição                 Foto: Divulgação

Segundo o chefe do Executivo estadual, a iniciativa representa mais desenvolvimento econômico e social. “Esse vai ser o segundo maior investimento privado da história do Ceará. A Ceiba vai viabilizar todo o fornecimento de gás para a Cegás, inclusive podendo fornecer para outros estados. O investimento será de quase R$ 5 bilhões. Durante a construção da unidade serão gerados mais de três mil empregos, e mais de 800 empregos durante o seu funcionamento”, comemorou Camilo Santana.

O CEO da Ceiba Energy, Emílio Vicens, destacou a qualidade do capital humano apresentada pelo Estado. “Estamos felizes de poder contar com gente dessa qualidade e poder investir em um Estado com tantos recursos e com tanta capacidade humana”, afirmou.

Também participaram da reunião o secretário Maia Júnior (Sedet); a secretária executiva da Indústria da Sedet, Roseane Medeiros; os presidentes Hugo Figueiredo (Cegás); Danilo Serpa (Complexo do Pecém), e Paulo Monteiro (Ponte Nova Energia); além do diretor administrativo de Desenvolvimento Corporativo da Ceiba Energy, Ramon Lafee, e o sócio diretor da Albuquerque Pinto Advogados, Pedro Eleutério de Albuquerque.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business