Kicks híbrido

Kicks tem versão híbrida que faz 23 km/l e é apresentado onde nasceu: Japão

Por jota - Em 21 de julho de 2022

Jota Pompílio, editor

 

Ek7ouv3gule8zkiqql689g1ku

Em termos de novidade, buscar o novo, estar à frente, o Japão sempre teve na vanguarda, né? E quando o produto faz parte de sua nacionalidade aí que a novidade é acelerada. Por isso, a Nissan apresentou a linha 2023 do “Kicks japonês” e a maior novidade encontra-se em seu sistema híbrido. No “Kicks e-Power japonês” ele terá novas baterias, com maior capacidade e um motor elétrico mais potente.

Cxi85f1s189zo9tbai0zlf3c8

Nesta nova linha do Kicks e-Power, a potência do motor elétrico aumentou para 135 cv (antes era 128cv) e o torque passou a ser de 28,5 kgfm, com baterias de 2,06 kWh. Antes o torque era de 26 kgfm e suas baterias tinham 1,57 kWh.

O Kicks e-Power 2023 será oferecido com o opcional de tração integral, algo inédito para o modelo. Agora o modelo contará com o aviso de colisão frontal em de série, com um sensor instalado na dianteira do veículo.

A bordo, o SUV recebeu atenção especial, e o console central foi redesenhado e ganhou uma nova alavanca de câmbio, além de novas combinações de cores para os bancos.

O modelo parte de 2,798,400 yen (R$ 110 mil) na versão de tração dianteira, enquanto a opção de tração integral custa R$ 129.154 na conversão direta.

Aqui em solo brasileiro, a fabricante japonês por enquanto não oferta nenhum modelo híbrido. Entretanto, está a venda o Leafque é o elétrico mais vendido do mundo e 100% elétrico. A novidade poderá vir ao mercado nacional apenas depois de 2024. Para nós, o jeito é esperar, né?!

 

 

 

 

Mais notícias

Ver tudo de IN Road