Força Solidária RS

Governo do Ceará envia mais 70 toneladas de doações para o Rio Grande do Sul nesta sexta-feira, 7

Por Deusdedit Neto - Em 07/06/2024 às 6:51 PM

240607 Caminhoes Doacoes Para Rs Ts2266 2048x1365

Foto: Divulgação

Graças ao empenho de milhares de cearenses, a campanha “Força Solidária Rio Grande do Sul”, promovida pelo Governo do Ceará, arrecadou 1.045 toneladas de doações para auxiliar a população gaúcha. Na manhã desta sexta-feira, 7, último dia de coleta, o governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT), visitou o Quartel do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, no bairro Jacarecanga, em Fortaleza, para acompanhar a preparação de três caminhões carregados com 70 toneladas de donativos que seguirão para o Rio Grande do Sul.

O governador expressou sua gratidão à população e aos parceiros envolvidos na campanha. “Tenho orgulho do povo cearense, das nossas instituições, do Corpo de Bombeiros. Esta é uma campanha do Estado, mas também da nossa sociedade civil, incluindo igrejas, clubes, empresas. Isso deve resultar em mais de 2 mil toneladas de doações, com mais de mil toneladas arrecadadas pela nossa campanha e outras mil enviadas diretamente por outras iniciativas,” destacou Elmano.

Estiveram presentes no evento o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece), Evandro Leitão; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), coronel Cláudio Barreto; e o tenente-coronel e coordenador da Defesa Civil do Ceará, Haroldo Gondim, entre outras autoridades.

Detalhes da Campanha Força Solidária RS

A campanha “Força Solidária RS”, lançada em 8 de maio, estabeleceu pontos de coleta em Fortaleza e em mais 18 municípios cearenses, utilizando a infraestrutura do Corpo de Bombeiros. Entre os itens arrecadados estão água, alimentos, rações, itens de higiene e limpeza, entre outros. Segundo o tenente-coronel Haroldo Gondim, os três caminhões partirão para Guaíba e Porto Alegre, onde serão recebidos pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul. “A logística de envio continuará. Estamos em contato direto com a Defesa Civil do Rio Grande do Sul,” explicou.

Além das doações, em maio, o Governo do Estado enviou equipes e equipamentos, incluindo um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), para auxiliar no resgate das vítimas. Profissionais do Sistema Único de Saúde do Ceará também foram convocados pela Força Nacional para prestar atendimento às pessoas atingidas pela tragédia climática.

Operações e Impacto

O comandante-geral do CBMCE, coronel Cláudio Barreto, detalhou a operação no Rio Grande do Sul, que envolveu 13 bombeiros militares, dois cães de resgate, três viaturas e dois botes. “Essa equipe trabalhou intensamente por 18 dias e recentemente retornou ao Ceará,” informou Barreto.

Com experiência em resgates em Brumadinho (MG) e Petrópolis (RJ), o tenente J. Maria atuou ao lado do cão de resgate Tupã, um boiadeiro australiano, e do cabo Mailson Souza com seu border collie. “Essa foi minha quinta operação fora do estado e a mais impactante pela extensão das áreas afetadas e pela destruição causada pelas enchentes,” relatou o tenente, destacando sua atuação nas cidades gaúchas de Encantado e Cruzeiro do Sul.

A soldado Iara Noronha, que também participou das operações, relembrou a gratidão do povo gaúcho. “Atuamos na retirada de pessoas em risco, na busca de desaparecidos e no descarregamento de caminhões com doações. Trabalhamos em Pelotas, Cruzeiro do Sul e Encantado, enfrentando temperaturas de até 3 °C,” contou Noronha, sublinhando a solidariedade e resiliência da população local.

Mais notícias

Ver tudo de IN Poder