Motivação & Resiliência

Deusmar Queirós fala dos desafios do mundo empresarial no Lide Talks desta sexta-feira(12)

Por Pompeu - Em 11 de março de 2021

A adoção de medidas restritivas mais rígidas em diversas regiões do país, como as anunciadas pelo governador Camilo Santana, no Ceará,  coloca uma nova pressão sobre o desempenho das empresas do setor de bares e restaurantes, mas também do varejo discricionário, que vinham apresentando uma lenta, porém gradual, recuperação de suas atividades.

Deusmar Queiros (2)

Deusmar Queirós

O cenário é bem  diferente para as empresas que atuam no varejo de alimentos e farmacêutico, como o grupo de farmácias Pague Menos. Por esse motivo, Emília Buarque convidou o empresário Deusmar Queirós, fundador da companhia, para participar do LIDE Talks, nesta sexta-feira, 12.

Na ocasião, Deusmar abordará o case da Pague Menos, primeira rede de farmácias presente nos 26 estados e no Distrito Federal. Com seu estilo próprio – a alegria está em seu DNA -, ele vai injetar ânimo no setor produtivo, motivando os empresários com dicas de como crescer em épocas de crise, além de destacar a importância da presença on-line das empresas, com canais de vendas bem desenvolvidos e forte presença na mídia, como é o caso do Magazine Luiza e das próprias farmácias Pague Menos, que em recente estudo divulgado pela plataforma de monitoramento de marcas Zeeng, em parceria com o portal Panorama Farmacêutico, lidera o ranking com a melhor nota em estudo sobre o engajamento em redes sociais das farmácias do Brasil.

A companhia conquistou 7,16 pontos de 10 no estudo, subindo uma posição e ficando no topo dessa edição. Ao todo, 100 empresas do setor foram analisadas, desde grandes nomes até farmácias regionais e associativas.

A ideia do LIDE Ceará é lançar uma campanha de engajamento das empresas cearenses em apoio a outras empresas e setores que estão sendo impactadas pelo fechamento de suas atividades presenciais.

“Esse é um movimento de estímulo para que as grandes empresas continuem a realizar ações de engajamento com seus colaboradores, incluindo contrações de serviços por delivery de alimentação ou brindes personalizados, por exemplo, e até mesmo artistas que se apresentem por plataforma virtual. Muitas empresas e empreendedores estão precisando desse apoio no momento. Então, a ideia é: ´enquanto você estiver on-line, ajude outras empresas a saírem do off-line´”, explica Emília Buarque, presidente do LIDE Ceará.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business