Ferramenta Inovadora

Elmano lança ‘Meu Celular’ para auxiliar Segurança a recuperar celulares roubados, furtados e perdidos no Ceará

Por Deusdedit Neto - Em 02/04/2024 às 1:26 PM

Lancamento Do Programa Meu Celular

Foto: Divulgação

A população cearense agora tem à disposição a ferramenta Meu Celular, lançada nesta terça-feira, 2, pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Segurança e Defesa Social (SSPDS), no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), em Fortaleza. O objetivo da plataforma é auxiliar as Forças de Segurança do Estado na recuperação de aparelhos celulares roubados, furtados e perdidos. O momento contou com as presenças do governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT), da cúpula da Segurança Pública do Estado e de outras autoridades.

A ferramenta já pode ser acessada em meucelular.sspds.ce.gov.br. Para criar o alerta, o cidadão poderá cadastrar seu celular na plataforma, informando alguns dados pessoais, para que as autoridades policiais sejam notificadas. Tablets também poderão ser cadastrados.

Na oportunidade, também foi anunciada a operação “Meu Celular”, que será realizada pela Polícia Civil do Ceará (PCCE) a partir desta terça-feira (2), com apoio das operadoras de telefonia celular com atuação no estado, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) e do Ministério Público do Ceará (MPCE).

A iniciativa integrada, segundo o governador, é resultado de demandas da população e pesquisas sobre experiências desenvolvidas em estados como Pernambuco e Piauí, além do aplicativo Celular Seguro do Governo Federal. Elmano de Freitas destacou a união da inteligência em Segurança Pública com o uso de novas tecnologias para redução de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) no estado.

“Temos celulares roubados ou furtados e esses aparelhos voltam para o mercado de forma ilegal. E a pessoa que comprou, muitas vezes, não sabe que esse celular é fruto de roubo ou furto. Nós temos a informação que esse celular está sendo usado, o novo número e o cadastro da pessoa que está usando. Isso nos permitirá, inclusive, investigar toda a cadeia de quadrilhas envolvidas com furto e roubo de celular. Hoje serão enviadas as primeiras mensagens para quem está usando celular fruto de roubo ou furto (entregarem o aparelho à polícia)”, detalhou.

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Samuel Elânio, reforçou a importância da estratégia para apoiar a atuação das Forças de Segurança. “O sistema Meu Celular vai funcionar semelhante ao B.O. [Boletim de Ocorrência]. Assim como ocorre em situação de roubo de veículos, em que a ligação para a Ciops fica o registro por 72 horas enquanto a pessoa tem um tempo para fazer o Boletim de Ocorrência, o registro pelo Meu Celular ficará por 72 horas até que a pessoa faça o B.O”, detalhou.

 

Mais notícias

Ver tudo de IN Poder